sábado, 20 de novembro de 2010

Gayzistas (Esquerdistas e Socialistas) estão organizando Ato de Ódio contra a Bíblia na Frente da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Cristãos e Evangélicos Unidos pelos Valores Cristãos, Pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e contra a Pior Ditadura da História: A Ditadura da Imoralidade Gay!

Gayzistas (Esquerdistas e Socialistas) estão organizando Ato de Ódio contra a Bíblia na Frente da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Cristãos e Evangélicos Unidos pelos Valores Cristãos, Pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e contra a Pior Ditadura da História: A Ditadura da Imoralidade Gay!

A luta entre a Igreja Cristã e o Movimento Gayzista continua, e a nova batalha envolve duas das maiores organizações evangélicas do país - a Universidade Presbiteriana Mackenzie e a Igreja Presbiteriana do Brasil – e um dos principais teólogos reformados, o reverendo Dr. Augustus Nicodemus Lopes. Militantes pró-homossexualismo estão organizando um protesto na frente da Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo.

*
Estamos programando um protesto CONTRA a imoralidade gay, contra ditadura gay, contra a heterofobia, contra a maldição e satanismo da PL 122, contra o imoralismo, iluminismo (trevas ao cubo), positivismo e relativismo ético e moral da OAB contra os evangélicos e a Universidade Presbiteriana Mackenzie nos acusando de "idade média"; com certeza a "idade média" não tinha a quantidade de advogados e juízes corruptos como a "idade pós-moderna". A DEFESA dos valores cristãos, defesa da família e da dignidade da heterossexualidade em frente da Universidade Presbiteriana Mackenzie e solidariedade ao chanceler do Mackenzie Rev. Dr. Augustos Nicodemus e que a carta de Princípios de 2011 da Universidade Presbiteriana Mackenzie seja dedicada ao combate da INTOLERÂNCIA E DITADURA GAY e o surgimento da HETEROFOBIA por parte dos petistas, esquerdistas e socialistas homossexuais e afins.



Todos unidos contra a DITADURA GAY - Será no dia 24/11/2010 d.C
Estejamos em oração e marquemos presença. Orando e intercendendo pelo Mackenzie e pela libertação dos cativos e escravos do relativismo ético e moral.

Maiores informações:
Prof. Luis Cavalcante - (11) 9675-4019
Presbítero da Igreja Presbiteriana de Osasco. Presidente da UPH - União de Homens Presbiterianos da IPO) e coordenador da Opus Reformata - http://opusreformata.blogspot.com/
E-mail: prof.luiscavalcante@bol.com.br
Fonte: http://luis-cavalcante.blogspot.com/

3 comentários:

  1. pela 122/06 já! HOMOFOBIA MATA!!!
    Gente maluca!

    ResponderExcluir
  2. Jesus nunca se pôs contra qualquer pessoa, e sim contra o pecado. O que o senhor aqui faz é incitação do ódio contra as pessoas, e pode ter certeza que Jesus não está sendo glorificado com suas palavras e atos.
    Um cristão de verdade sabe que Jesus voltará e, em oração, se dirigiria com amor àqueles que considera estarem em pecado e tentaria mostrar-lhes como é bom viver por Cristo e em Cristo. O que o senhor faz é, muito mais do que qualquer um, satânico.

    "O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei." João 15:12

    Não julgueis, para que não sejais julgados.
    Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
    E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
    Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    "Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
    E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." Mateus 7: 1-5,22,23

    ResponderExcluir
  3. Será julgado por Deus pelos seus atos homofobicos,nessa esperança é que o arco iris que tentou esconder resplandece a cada ataque de fundamentalistas religiosos e hipocritas sociais.

    ResponderExcluir