terça-feira, 13 de novembro de 2012

Estou cansado desta política e sofisma dos "DIREITOS HUMANOS"


Algumas reflexões (de alguém que já está cansado de Direitos Humanos só aparecer em países como o nosso e de sempre buscar o que está acontecendo com o bandido):

1) O que aconteceria se começassem a prender até os tais de "menores" que matam e barbarizam as nossas ruas, bem como o "doentes" usuários de drogas que não o são mais;

2) A maioria é de homens e que não completaram o ensino médio sequer: a dúvida é a mesma de quem nasceu primeiro "o ovo ou a galinha", ou seja, não completaram porque escolheram a vida que seria mais fácil aparentemente e não quiseram suar para se sustentar ou, como os velhos marxistas de plantão dizem: é porque a sociedade os oprime (desta última já estou cansado)

3) Vale lembrar que os sistemas no exterior não visam reintegrar ninguém, O sistema nos EUA, por exemplo, é em sua grande maioria punitivo, ou seja, não andou na linha, vai ser castigado para aprender. Não tenho nada quanto a uma tentativa de educar o preso, mas não podemos esquecer que a justa punição é também educativa para ele e para toda sociedade (para ver que o crime não compensa)

4) Ora, não precisamos aumentar vagas nas prisões: bola de ferro na canela e trabalho durante o dia e tornozeleira durante à noite para que ele não fuja de casa. Não temos que sustentar bandidos sem fazer nada na prisão, eles é que devem se sustentar e trabalhar pela sociedade.

5) Finalmente, em casos graves - na minha visão punitiva e, creio, com base bíblica - pena de morte aos assassinos, homicidas, etc. A fim de que os inocentes que vivem não fiquem clamando pela justiça do sangue dos inocentes que se foram.


abçs

Laércio

Nenhum comentário:

Postar um comentário